Séries

7 frustrações para quem assistiu ao especial de Gilmore Girls da Netflix

Se você é fã da série Gilmore Girls e criou muitas expectativas para o revival realizado pela Netflix, grandes chances são de você estar completamente frustado agora. Nessa última temporada criada pelos Paladino os episódios não tinham trama própria, eram apenas uma consequência de coisas sem importância até culminar na resolução de todos os problemas. Custava pensar cada episódio com uma trama e não os quatro como um todo? Essa foi a primeira grande frustração que nós do Trívia sentimos ao finalizar a série.

2ª frustração

O nível de naturalidade da série não estava bom. Talvez porque os atores há muito tempo não estivessem ligados aos personagens (menos Kelly Bishop, essa mulher é uma deusa da atuação!), mas a falta de entrosamento prejudicou não só as cenas que eram para ser engraçadinhas quanto as cenas chave para o desenrolar da trama;

3ª frustração

Emily muda de personalidade sem explicações e passa por situações que nada agregam à própria trama até o desenrolar de tudo, que se dá no último episódio;

gilmore-girls-revival-resenha-in

4ª frutração

Por que Luke tem sempre que consertar coisas em qualquer lugar que vá? Até mesmo no velório!!! Seu papel se resume ao cara que faz tudo o que Lorelai quer e que carrega sempre uma chave de fenda no bolso. Chega a ser irritante;

5ª frustração

Todo o episódio Primavera poderia ser cortado, inclusive a eternidade da peça de teatro que não tem nada a ver com a trama em si da season finale e nem com a história da cidade. Além de não ser engraçada, a peça cansa e faz a gente querer adiantar os minutos;

6ª frustração

A descoberta de Rory de como resolver seus problemas de carreira cai como um presente no colo dela, sem que ela passe por um período de descobrimento do que quer fazer. Tudo o que acontece são uma série de frustrações de carreira, sem que nada positivo possa ser tirado dali ou agregue à sua descoberta. Triste;

7ª frustração 

As últimas palavras da série têm sabor agridoce que causam sensações de expectativa para o que pode acontecer e também GRANDE frustração por perpetuar um ciclo em vez de criar novos rumos para a série.

Para nós do Trívia foram seis horas de série com bastante espera para o desenrolar de uma trama sem fim cujo final deu pouco gostinho de resolução. E para você, como foi assistir ao especial de Gilmore Girls? Conte para a gente!

[Crédito das Imagens: Divulgação/Netflix]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *