Séries

As séries que mais queremos assistir em 2018

Após fazer a lista dos filmes mais aguardados e que mais queremos assistir em 2018 (confira aqui), agora vamos falar um pouco das séries. Sério, tem muita coisa boa para estrear ainda nesse ano. E estamos precisando dar um jeito de fazer com que o dia dure mais de 24 horas para dar conta de tudo. Porque vai ser difícil conseguir assistir tudo, mas vamos tentar acompanhar o máximo que pudermos.

Dividi em categorias, assim como fiz nos filmes: tem as estreias mais aguardadas; as séries favoritas que prometem retornar nesse ano; e separei uma seção específica para séries documentais, um gênero que tem crescido bastante ano após ano e sempre entregando produções muito relevantes. Prontos? Então vamos lá:

Estreias aguardadas

The Chi

A atriz e roteirista Lena Waithe escreveu em 2017 um dos episódios mais bonitos que assisti no ano, em Master of None. Agora ela é a criadora de The Chi, nova série do canal Showtime, ambientada em um bairro predominantemente negro no sul de Chicago. A narrativa é descentralizada e passa por diversos personagens. A série já estreou nos Estados Unidos e estamos muito curiosos de assistir.

Estreia: 7 de janeiro

The Alienist

Faz um tempo que ouvimos falar em The Alienist. Tudo porque a série vem com a assinatura do diretor Cary Fukunaga, responsável pela 1ª temporada de True Detective, pelo ótimo filme Beasts of no Nation e que nessa produção vai atuar como showrrunner.

Na série, Daniel Bruhl e Luke Evans caçam assassinos na Nova York de 1896, daquele visual que Martin Scorsese projetou em Gangues de Nova York, quando uma onda de crimes envolvendo prostitutas tomam conta da cidade. Bruhl interpreta o Dr. Laszlo Kreizler, psicólogo criminal, e Evans é o jornalista do The New York Times, Moore. Além deles, Dakota Fanning também faz parte da produção.

Estreia: 22 de janeiro

Rise

Falou em “Do mesmo criador de Friday Night Lights e Parenthood”, estou pegando para assistir, sem em saber da sinopse. Mas eu fiz uma pesquisa, claro, para escrever esse artigo aqui. Rise é de autoria de Jason Katims e acompanha o departamento de teatro de uma escola e a dedicação de um professor aos seus alunos.

No painel do TCA da NBC nessa semana, onde os produtores lançam e apresentam suas séries para a imprensa, Katims falou que This Is Us foi uma inspiração e vem ajudando a emissora a apostar mais em séries cujos dramas pessoais são responsáveis por desenvolver a narrativa. Se vai ser tão emocionante quanto This Is Us? Acho difícil, a série de Dan Fogelman é um nível bem alto nesse quesito. Mas o que pode-se esperar de qualquer coisa que o Katims faça é: episódios bem escritos, bons personagens e uma história que realmente deve valer a pena de acompanhar.

Estreia: 13 de março

O Mecanismo

Série brasileira assinada por José Padilha para a Netflix que relata os desdobramentos da Operação Lava Jato. Essa produção promete sacudir as estribeiras quansdo estrear. Pelo menos, é o que estamos aguardando. O elenco é formado por Selton Mello, Caroline Abras e Enrique Diaz.

Estreia: Em 2018

Pose

Mais uma série criada por Ryan Murphy e que sofreu uma baixa recente com a saída de Tatiana Maslany (Orphan Black). Ainda assim, Murphy está juntando mais uma vez um grande elenco: Evan Peters (American Horror Story), Kate Mara (House of Cards) e James Van Der Beek (Dawson’s Creek) fazem parte da lista, complementada por cinco atrizes transgênero escaladas – algo inédito na TV americana.

Sobre a história, Pose se passa em Nova York durante a década de 80, quando a cultura de luxo foi se sobrepondo e ganhando destaque ao mesmo tempo que ocorre uma ascensão exponencial de outros segmentos da vida em sociedade, principalmente nas cenas literária e cultural.

Estreia: Em 2018

Sharp Objects

Mais uma produção adaptada de um livro da escritora Gillian Flyn (A Garota Exemplar) e produzida pela HBO. Quer mais? A série vai ser protagonizada por Amy Adams e dirigida por Jean-Marc Vallée, elogiado por seu trabalho na 1ª temporada de Big Little Lies. Bom, né?!

A trama de Sharp Objects acompanha a repórter Camille Preaker (Amy Adams), que retorna à cidade natal para investigar os assassinatos de duas garotas pré-adolescentes, após ter passado um tempo em uma instituição psiquiátrica. Além de lidar com seus próprios distúrbios emocionais, Camille ainda precisa conviver com a mãe hipocondríaca e uma meia-irmã que mal conhece.

Estreia: Em 2018

Mosaic

Mosaic promete estrear com o intuito de causar alguma revolução. A começar porque o espectador pode escolher o ponto de vista pelo qual deseja acompanhar a história. Criada por Steven Soderbergh, Mosaic foi lançada para aplicativos Android e iOS, mas ganhará uma versão linear lançada pela HBO. Aqui no Brasil não vamos ter a experiência interativa do aplicativo, infelizmente. Mas a série promete, de qualquer jeito.

Estreia: 22 de janeiro

Trust

Danny Boyle está mais uma vez nos holofotes nesse ano após o lançamento de Trainspotting 2 em 2017, mas agora para a televisão. A emissora FX encomendou a série, que conta a história do sequestro de J. Paul Getty III, herdeiro da fortuna petrolífera da Getty Oil Company (atualmente comprada pela Texaco). Sequestrado na Itália em 1973, as negociações foram extremamente conturbadas e o rapaz chegou a perder parte da orelha.

Sim, a trama de Trust é a mesma do filme Todo o Dinheiro do Mundo, envolvido no último mês de dezembro quando Kevin Spacey, afastado por alegações de abusos sexuais, foi afastado e substituído por Christopher Plummer. Na série, o competente Donald Sutherland vive o magnata J. Paul Getty. Além dele, Hillary Swank e Brendan Fraser fazem parte do elenco.

Estreia: 25 de março

Waco

A série, limitada e com seis episódios, marcará o lançamento do canal Paramount. A história é verídica, baseada no cerco ao complexo que pertencia ao grupo Branch Davidians, uma seita católica e separatista que atuou em várias regiões do Texas sendo acusados de várias violações sobre tráfico de armas e outros delitos. A operação é liderada por um agente do FBI, na série intepretado por Michael Shannon, que é designado para negociar com o líder da seita, David Koresh (Taylor Kitsch, da série Friday Night Lights).

Estreia: 24 de janeiro

Maniac

Esse promete ser o ano do diretor Cary Fukunaga. E a série Maniac é o seu trunfo para isso acontecer. Reunindo Emma Stone, Jonah Hill e Justin Theroux, a série é uma das que eu mais estou aguardando. Baseada em uma série sueca lançada em 2004, Maniac seguirá a vida fantasiosa de dois pacientes de um hospital psiquiátrico – sendo a doença metal o tema principal que estará no centro narrativa da série. Fukunaga dirige todos os episódios da série, adquirida pela Netflix.

Estreia: Em 2018

Altered Carbon

Eu não sei ainda o que esperar dessa série, sinceramente. Gosto do visual influenciado por Blade Runner, mas confesso que tenho dúvidas do quanto vai ser ou não boa. Adaptada do livro escrito por Richard K. Morgan, a história acompanha o jornalista Takeshi Kovacs (vivido por Joel Kinnaman, que encarnou em sua mente para descobrir quem lhe matou). A roteirista Laeta Kalogridis, responsável pelo roteiro do filme Ilha do Medo, é a responsável pela série.

Estreia: 2 de fevereiro

The Eddy

Anunciada em 2017 em meio ao sucesso de La La Land – Cantando Estações, The Eddy ganhou logo minha atenção por ser uma série musical dirigida e produzida por Damien Chazelle, um dos diretores da nova geração que mais tenho admirado. A trama é centrada na cena musical de Paris e contará a história de um clube, seu dono, a banda principal da casa e a cidade caótica que os rodeia. Chazelle deve dirigir dois dos oito episódios que formam a 1ª temporada, adquirida pela Netflix.

As músicas foram compostas por Glen Ballard (Ghost: O Musical) e o roteiro escrito por Jack Thorne (responsável por Star Wars IX). Os diálogos, aliás, mesclam falas em inglês, francês e árabe.

Estreia: Em 2018

Patrick Melrose

Patrick Melrose não é a típica série que eu escolheria para assistir, ou para entrar nessa minha lista, mas estou tentado a dar uma chance por causa de Benedict Cumberbatch. O ator vive Patrick Melrose, um playboy da aristocracia britânica cuja história de anti-herói contada nos livros escritos por Edward St. Aubyn serviram de inspiração para a série retratar sua trajetória como alguém crescendo em uma família disfuncional, tendo que lidar com traumas da infância e abusos de substância. Não sei sinceramente o que esperar de Patrick Melrose, mas se tem Benedict Cumberbatch é necessário conferir para saber se vale a pena. Além dele, também tem Allison Williams (Girls) e Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)

Estreia: Em 2018

Babylon Berlin

A série mais cara e ambiciosa da história da TV europeia, e produzida também com a ajuda da Netflix, Babylon Berlin retrata a tensão política da cidade durante a década de 1920 e as intensas manifestações culturais que tornaram a cidade tão reconhecida mundialmente. Ambientada na República de Weimar, também conhecida como “os anos dourados antes de Hitler”, a série é criada pelo diretor Tom Tywker (Perfume: A História de um Assassino) e o ponto central é a agitação política, os conflitos que começam a acontecer nas ruas da cidade. A narrativa recebe a adição de um drama policial ao acompanhar um jovem detetive chamado para uma missão secreta em Berlim.

A série foi encomendada para duas temporadas, sendo dividida em oito episódios cada uma.

Estreia: 30 de janeiro

The Little Drummer Girl

Uma minissérie baseada no livro do escritor John Le Carré e dirigida por Park Chan-Wook? Já podemos pular para o mês da estreia? A Garota do Tambor, título do livro de Le Carré aqui no Brasil, é a nova minissérie que deverá seguir o sucesso de The Night Manager. Dividida em seis episódios, The Little Drummer Girl narra a história de Charlie (Florence Pugh, revelação inglesa do ano passado com o filme Lady Macbeth), uma engajada atriz inglesa que se vê no meio de uma confusão entre as forças de Israel e da Palestina. Recrutada pelo espião Martin Kurtz (Alexander Skaarsgard, de Big Little Lies) para se infiltrar em uma célula terrorista palestina, Charlie terá que fazer o possível para escapar desse fogo cruzado.

O canal americano AMC, também responsável por The Night Manager, será o responsável por distribuir a minissérie mundialmente. Vamos aguardar!

Estreia: Em 2018

Favoritas que retornam

Westworld | 2ª Temporada

Mais de um ano aguardando por uma temporada de Westworld depois daquele impressionante final, estamos mais do ansiosos pela nova temporada da série criada por Jonathan Nolan e Lisa Joy. Não há qualquer informação sobre a segunda temporada, mas estamos esperando desde já a HBO começar a anunciar mais detalhes.

Estreia: Em 2018

The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story | 2ª Temporada

Baseado no livro escrito por Maureen Orth, The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story dá continuidade à série antológica que na 1ª temporada retratou o julgamento do século do jogador de futebol americano O.J. Simpson. Dessa vez, a trama é centrada no assassinato de Gianni Versace e outros cincos assassinatos. O culpado na época, Andrew Cunanan, se matou oito dias após o crime, no momento em que a polícia de Miami estava prestes a capturá-lo.

No elenco estão Édgar Ramirez (como Gianni Versace), Darren Criss (como Andrew Cunanan), Ricky Martin e Penélope Cruz (como Donatella Versace). Serão dez episódios, escritos por Scott Alexander e Larry Karaszewski. E a produção é mais uma vez de Ryan Murphy. Por isso, com esse elenco e com todo esse time por trás, é bom esperar mais uma série premiada.

Estreia: 17 de janeiro

The Handmaid’s Tale | 2ª Temporada

As filmagens já estão acontecendo e a grande série das premiações desse ano deve retornar em 2018 para a sua segunda temporada – cercada por ainda mais expectativas. O mistério é o que move a história e com certeza a série vai mergulhar ainda mais nisso e no passado das suas protagonistas. A personagem vivida por Alexis Bledel na 1ª temporada volta como regular, e assim podemos esperar alguma união entre ela e a protagonista vivida por Elizabeth Moss para lideraram a revolta contra o regime totalitário que se estabeleceu.

Estreia: Em 2018.

Atlanta: Robbin’ Season | 2ª Temporada

A primeira temporada de Atlanta já foi surpreendente, com episódios realmente memoráveis. A segunda vai seguir o mesmo caráter da primeira, sendo uma história local com alcance e relação com qualquer lugar. A trama vai acompanhar o período de mais assaltos na cidade de Atlanta que antecede as festividades do final de ano. Teremos que esperar para descobrir como vai ser isso, mas com certeza vai valer a pena.

Estreia: 1º de março

The Americans | 6ª Temporada

Escolhida aqui no Goodfellas como a melhor série que assistimos em 2017 (veja aqui), você pode imaginar o quão ansiosos estamos para o retorno de The Americans, né?! Em sua sexta e última temporada, a série do canal FX vai pular três anos, agora em 1987. O que nos leva a crer que o treinamento de Paige vai estar em uma fase bem mais avançada (a julgar pelas primeiras imagens que foram divulgadas por veículos de imprensa nos Estados Unidos), isso sem falar dos impactos da política externa comandada por Gorbachev.

Mas estou mesmo mais curioso para saber qual desfecho The Americans dará para Elizabeth e Philip Jennings, considerando que eles estavam pretendendo sair e voltar para a Rússia e tiveram que desistir no último momento na season finale mais poderosa que assistimos no ano passado. Com a 6ª temporada sendo ambientada tão próxima do fim da Guerra Fria, The Americans vai nos deixar muito curiosos até o dia da estreia.

Estreia: 28 de março

Jessica Jones | 2ª Temporada

A primeira temporada de Jessica Jones foi uma grande surpresa e talvez tenha sido a melhor desses heróis mais desconhecidos da Marvel para o serviço de streaming. Discutiu violência sexual ao mesmo tempo que fez um grande trabalho como série de super-herói e da Marvel. É claro que a curiosidade sobre a 2ª temporada só aumenta. E algo a levar em conta: Jessica Jones seguiu Queen Sugar e todos os episódios da 2ª temporada foram dirigidos por mulheres.

Estreia: 8 de marco

Mindhunter | 2ª Temporada

Após a ótima 1ª temporada, Mindhunter agora está pensando em seu futuro. O produtor-executivo David Fincher disse que pretende realizar umas cinco temporadas. Nesse planejamento, o segundo ano já está estabelecido e as filmagens começam nesse início de 2018. Após a season finale, a ação da 2ª temporada corresponderá aos anos entre 1979 e 1981, analisando assassinatos de crianças em Atlanta (foram 28 mortes, no total) e os métodos do agente Ford serão novamente contestados durante a investigação.

Estreia: 30 de novembro

Homeland | 7ª Temporada

Acompanho Homeland até hoje firme e forte. Sei que muita gente desistiu, ali pela terceira ou quarta temporada. Mas eu resolvi seguir em frente e confesso que a série melhorou muito e apresentou evolução. O sexto ano pode não ter sido dos melhores, mas ainda assim Homeland merece sempre alguma atenção. O final da temporada foi bom, Homeland está cada vez mais dinâmica em seus episódios e buscando refletir os acontecimentos em vigor no mundo, suas crises geopolíticas e também sobre a identidade e confiança no sistema democrático nos Estados Unidos. Essa é a penúltima temporada e Carrie provavelmente lidará com uma ameaça ainda maior do que já foi na temporada anterior e vai ser ambientada no estado da Virgínia, onde Homeland inclusive se passou nas primeiras temporadas.

Estreia: 11 de fevereiro

Genius | 2ª Temporada

Depois de investigar a vida de Albert Einstein na 1ª temporada, Genius vai agora focar na trajetória de Pablo Picasso. O ator escalado para interpretá-lo é Antonio Banderas e a série deverá manter o mesmo formato da 1ª temporada, com flashbacks ao mesmo tempo que mostra a importância do artista. Há uma história fascinante a ser contada por tudo que Picasso representou pela arte em seu tempo de vida, inclusive fundando movimentos artísticos e ajudando a ressignificar o valor da arte para a sociedade. A temporada promete e mal posso esperar para assistir.

Estreia: Em 2018, junho ou julho

Narcos | 4ª Temporada

Após uma boa terceira temporada, Narcos manteve-se incerta por algum tempo depois que um dos chefes de locação da série foi assassinato enquanto justamente procurava locais de filmagem no México. Mas a Netflix confirmou a quarta temporada e inclusive anunciou que Pedro Pascal, responsável por interpretar o agente Javier Peña desde o início da série, não será mais o protagonista. Talvez ele até apareça, ninguém sabe, mas o foco das atenções estará em dois novos agentes que serão interpretados por Diego Luna e Michael Peña.

Estreia: Em 2018

Documentários que merecem atenção

Rotten

Séries documentais é um gênero que cresceu exponencialmente com o streaming. Todo ano eu me acostumei a escolher ao menos uma série, sendo que no final eu queria assistir muito mais porque todas soavam muito interessantes. Nesse ano, esse é o caso de Rotten, documentário dividido em seis partes que discute como a corrupção, o desperdício e abuso na indústria de produção de alimentos “revelam amargas verdades” sobre o que comemos.

Estreia: Já disponível na Netflix Brasil

Dirty Money

Alex Gibney é um dos documentaristas mais conhecidos e admirados. Filmes como Going Clear, sobre a Cientologia, e Enron: Os mais Espertos da Sala, sobre a falência da gigante americana Enron, são mais do que indicados para qualquer pessoa que gosta do gênero. No início de 2018 ele estreia na Netflix Dirty Money, um documentário que não poderia estrear em melhor momento já que investiga as más condutas de grandes corporações. Cada episódio é centrado em uma, como o caso do escândalo da Volkswagen sobre a manipulação de resultados de emissões de poluentes, o caso envolvendo a Big Pharma e outro sobre as empresas de Donald Trump.

Estreia: 26 de janeiro

The Trade

Mais uma série documental para a lista e essa também merece uma chance de ser assistida. O vencedor do Oscar Matthew Heineman (responsável pelo ótimo Cartel Land), agora investiga a epidemia de opióides e seu impacto no México e nos Estados Unidos, avaliando inclusive como isso atingiu os cartéis mexicanos e a forma como a polícia lidou com o assunto. A série é divida em cinco capítulos e vai ser exibida no canal Showtime.

Estreia: 2 de fevereiro

Não deixe de ver também a lista dos filmes que mais queremos assistir em 2018! Clique aqui.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *