É tempo de premiações: conheça os favoritos a serem indicados ao Globo de Ouro

E vai começar a temporada de premiações. Globo de Ouro, Oscar, prêmios dos Sindicatos, Grammy… Alguma dúvida de que essa é uma das melhores fases do ano? As apostas já começaram para a primeira grande cerimônia, que é o Globo de Ouro, prêmio entregue pela Associação de Jornalistas Estrangeiros de Hollywood (HFPA, na sigla em inglês). Os indicados serão conhecidos no dia 10 de dezembro (quinta-feira), mas já começamos a fazer as nossas apostas por aqui também para sabermos os favoritos que estarão na lista.

O Regresso, dirigido por Alejandro González Iñárritu e com Leonardo DiCaprio, é o filme do momento. O ator também está entre os favoritos para uma indicação. A concorrência é forte, pois os nomes de Matt Damon (Perdido em Marte), Michael Fassbender (Steve Jobs), Eddie Redmayne (The Danish Girl), Michael Shannon (99 Homes), Ian McKellen (Mr Holmes) e Michael Keaton (Spotlight) estão ganhando força e elogios da crítica especializada.

Spotlight, aliás, é um filme que tem grandes chances de estar entre os indicados. Venceu prêmios importantes da Associação de Críticos de Nova York, de Los Angeles e também de Boston. Mas é sempre bom esperar por surpresas e alguns filmes de diretores que, pelo nome, podem aparecer entre os indicados.

"Spotlight" se tornou um dos favoritos a receber indicações ao Globo de Ouro. (Foto: Divulgação)
“Spotlight” se tornou um dos favoritos a receber indicações ao Globo de Ouro. (Foto: Divulgação)

É o caso de Quentin Tarantino. Não seria nem um pouco surpreendente caso Os Oito Odiados ou mesmo Mad Max: A Estrada da Fúria fossem indicados, mesmo que no momento estejam falando muito mais de filmes como Carol (que também venceu prêmios nessas associações) e o próprio O Regresso. E o que dizer caso Beasts of No Nation, produção original do Netflix, também tenha uma chance? Essa, sim, seria uma grande surpresa.

Voltando a falar sobre os filmes que estarão com certeza no Globo de Ouro, Carol é um filme que deverá estar entre os cinco finalistas. Vem sendo elogiado semana após semana. O elenco formado por Cate Blanchett e Rooney Mara também tem chance de colocá-las como indicadas. Por conta de uma mudança de regulamento do Globo de Ouro (leia aqui), Rooney Mara e Cate Blanchett podem competir pela mesma indicação de Melhor Atriz.

E isso foi ruim para o filme, pois os votos podem ficar divididos e colocar apenas uma das duas entre as indicadas. Além delas, é bom ficar de olho também nos trabalhos de Carey Milligan (Suffragette, que estreia dia 25 de dezembro no Brasil), Jennifer Lawrence (Joy), Brie Larson (Room), Maggie Smith (The Lady in the Van), Charlotte Rampling (45 Years).

Nessa categoria quem corre por fora é Sandra Bullock, elogiada por seu trabalho em Our Brand is Crisis, Charlize Theron (Mad Max: A Estrada da Fúria), que pode estar de fora por conta da mesma mudança que impacta na escolha das atrizes de Carol a colocando também como Atriz principal, e Saoirse Ronan, por Brooklyn, que vem surpreendendo desde que começou a ser exibido e passou a ganhar força também entre os críticos.

No universo das séries

As categorias de TV no Globo de Ouro, normalmente, seguem até uma tendência do Emmy, considerado o Oscar da televisão. Poucas surpresas foram vistas nos últimos anos. E deverá continuar assim, mesmo porque poucas séries novas estrearam e se transformaram em grandes sucessos no último ano.

Na categoria de Melhor Drama, o sucesso enorme que Empire está fazendo tanto de público quanto de crítica fará com que a série seja indicada, mesmo que no final não vença como aconteceu no Emmy Awards. Séries veteranas como House of Cards e Game of Thrones estarão na categoria também, assim como How to Get Away With Murder, que chamou bastante atenção pela presença da atriz Viola Davis, vencedora do último Emmy.

Como Mad Men teve a sua última temporada exibida no meio desse ano pelo canal AMC, é difícil não apontar a série como uma das candidatas – até mesmo pelo o que significou esse programa para a televisão nos últimos sete anos. Uma outra produção do canal AMC com chances de ser indicada é Better Call Saul, apesar de ser mais lógico que os atores da série (Bob Odenkirk e Jonathan Banks) recebam indicações nas categorias de Ator.

No entanto, é sempre bom ver alguma série que ninguém esperava uma indicação surpreender e entrar na premiação. É o caso, por exemplo, de Mr. Robot, Bloodline (Kyle Chandler pode receber uma indicação na categoria de Melhor Ator), Narcos, Downton Abbey (que deverá ser homenageada pois encerrará após o episódio de Natal) e (por que não?) Jessica Jones (será que Krysten Ritter e David Tennant não têm chances?).

"Master of None, série original do Netflix, corre por fora para ser indicada - assim como Aziz Nazari. (Foto: Divulgação)
“Master of None, série original Netflix, corre por fora para ser indicada – assim como Aziz Nazari. (Foto: Divulgação)

Já nas comédias, poucas mudanças em relação às edições dos anos anteriores. Produções como Veep, The Big Bang Theory, Transparent e Orange is the New Black deverão ser indicadas mais uma vez. Quem pode surpreender e entrar na lista é Master of None (Aziz Nazari está cotado para Melhor Ator em Comédia), programa original do Netflix, assim como Unbreakable Kimmy Schmidt, também produzida pelo serviço de streaming.

Será que vamos acertar alguma? Só acompanhando mesmo a cerimônia de anúncio dos indicados ao Globo de Ouro, que será transmitida ao vivo direto do Beverly Hills Hilton Hotel através desse site. A premiação ocorre no dia 10 de janeiro e será apresentado por Ricky Gervais pela quarta vez.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *