Séries

Fall season: cinco séries da nova temporada da TV para não perder de vista

Todo ano eu escolho ao menos cinco séries para assistir entre as muitas estreias que a nova temporada da TV americana, a chamada fall season (que já está a todo vapor), oferece. No último ano eu apostei em até mais do que cinco – e isso talvez explique eu ter desistido de tantas. Entre as apostas estavam Westworld, Crisis in Sex Scenes (série de Woody Allen que só teve uma temporada como esperado) e Queen Sugar (ainda estou tentando acompanhar).

Mas também desisti de muitas: The Good Place, Chance e Designated Survivor foram escolhas baseadas mais nos atores e produtores que estavam à frente da produção do que necessariamente na premissa. Não demorou muito para eu desistir das três, enquanto que High Maintenance eu consegui ir até o final mas não tenho muitos motivos que me façam voltar a ver uma provável 2ª temporada. Por isso, esse ano eu decidi ser mais cauteloso. Confira a minha lista:

The Deuce (HBO • Estreia: 10 de setembro)

Já vi os dois primeiros episódios exibidos pela HBO e posso assegurar: essa série vai ser a próxima obra-prima que a TV está produzindo. Criada por David Simon e George Pelecanos (as mesmas cabeças por trás da espetacular The Wire), The Deuce é ambientada na Nova York dos anos 70 e 80, aquele período de degradação e abandono que o diretor Martin Scorsese tão bem capturou em alguns de seus filmes mais clássicos. Já renovada para a 2ª temporada, o centro da questão é a indústria pornográfica. Porém, como é de costume nos enormes núcleos das séries criadas por David Simon, as tramas levam tempo para serem construídas e o texto faz o trabalho necessário para uni-las de maneira orgânica e inteligente.

Assista o trailer:

Mindhunter (Netflix • Estreia: 13 de outubro)

Estou contando os dias para assistir essa série. E já guardei a data no meu calendário: 13 de outubro. Assistir David Fincher fazendo trabalhos de suspense ou thriller psicológico é só um dos motivos que me fazem ter grandes expectativas por essa série. Os atores Jonathan Groff e Holt McCallany interpretam agentes do FBI de um recém-criado setor de Ciência Comportamental que estuda as mentes de assassinos que matam por prazer quando o termo serial killer ainda sequer existia. A série é baseada em um livro famoso de Mark Olshaker e John E. Douglas, quando investigaram e traçaram perfis de psicopatas a partir do acesso que tinham de dentro da mesma unidade que é baseada na série. Além de David Fincher, Mindhunter tem outros nomes de peso como o de Asif Kapadia (responsável pelos documentários Senna e Amy) e o de Charlize Theron, que é produtora-executiva ao lado de Fincher.

Veja o trailer abaixo:

The Vietnam War (PBS • Estreia: 17 de setembro)

Ken Burns e Lynn Novick são dois documentaristas os quais sempre tento assistir o que lançam – ainda que seus trabalhos cheguem pouco ao Brasil, principalmente porque tratam de temas inerentes demais aos Estados Unidos. The Vietnam War é mais um trabalho desse nível (mais um sobre guerra e conflito, após ambos terem feito a premiadíssima The Civil War) que, como nos trabalhos anteriores, deverá ser novamente um marco ao tratar dessa questão como já o fez em Jazz, dividido em dez capítulos e que conta a história desse gênero musical. The Vietnam War é ainda maior: foi dividido em 18 capítulos e será exibido ao longo de duas semanas. Se for em uma estrutura narrativa e documental como foi Five Came Back (Netflix), The Vietnam War provavelmente renderá mais uma porção de prêmios a essa dupla.

Assista o trailer:

Alias Grace (Netflix • Estreia: 3 de novembro)

Após o sucesso de The Handmaid’s Tale no Hulu, e de ter vencido cinco Emmys na premiação de 2017, a Netflix agora também terá a sua série baseada em um livro da autora Margaret Atwood. Alias Grace é uma minissérie canadense dividida em seis episódios que acompanha a história de Grace Marks, uma imigrante irlandesa acusada de assassinar o patrão e a governanta com quem ele tinha um caso (e que estava grávida) – enquanto teorias de que ela não tenha cometido o crime ganham mais adeptos. A responsável pela adaptação é a conceituada cineasta Sarah Polley (diretora de dois filmes lindos e sensíveis, o longa-metragem Longe Dela e o documentário Histórias que Contamos).

Assista o trailer:

Star Trek: Discovery (CBS All Access • Estreia: 24 de setembro)

A CBS tem mantido tanto segredo dessa nova série do universo de Star Trek que nenhum crítico lá nos Estados Unidos viu qualquer episódio antes – como normalmente acontece. Então, pode ser qualquer coisa. Fato é: Star Trek: Discovery não é uma série a qual eu esteja com grande expectativa porque em meus tempos de juventude o universo em si nunca foi algo importante pra mim, de ler as histórias e assistir tudo que saía. Eu vi episódios isolados da série original com Leonard Nimoy e William Shatner mas, ainda assim, estou curioso em saber como Star Trek vai explorar esse período de dez anos na qual esta série se passa, antes do início da produção original.

Assista o trailer:

Mais uma coisa…

Vamos a uma Menção Honrosa (tem que ter, né):

Curb Your Enthusiasm (HBO • 1º de outubro)

Foram seis anos fora do ar, apesar do filme Tudo Pode Dar Certo (2009), dirigido e escrito por Woody Allen, ter estreado nesse intervalo. Mas Curb Your Enthusiasm está de volta, anunciada oficialmente desde junho. A sitcom baseada na vida de Larry David, um milionário após os anos de sucesso em Seinfield, teve oito temporadas antes de ser encerrada. Agora, neste retorno, além de todo o elenco principal voltar, a HBO tem vendido a ideia de que as coisas continuam as mesmas e o mundo precisa de um herói. Será que estamos prontos para Larry David como herói? Ah, vamos descobrir e (claro) rir muito. Vai ser imperdível.

Veja o trailer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *