‘O Que Te Faz Mais Forte’ presta homenagem à força de Boston

Um homem de 30 anos, morando com a mãe, apaixonado por uma moça com quem ele já terminou e reatou várias vezes o relacionamento, se manda entusiasmado para a linha de chegada da Maratona de Boston em 2013, levando um cartaz para fazer uma surpresa a ela e mostrar seu apoio. Seria um dia comum e uma redenção, já que com isso ele esperava conquistá-la novamente. Mas dois irmãos tinham o mesmo plano de irem para o fim da maratona, com o intuito de cometerem um atentado e ferirem muitas pessoas.

O estranho Jeff Bauman (Jake Gylenhaal) se transforma então em um símbolo da força da cidade após ter sido uma das vítimas dos atentados à Maratona de Boston e perdido suas duas pernas. O lema “Boston Strong”, que tanto tomou conta da cidade durante o período de tensão que sucedeu aos ataques, alçou Jeff Bauman a ser um herói na cidade. Porém, O Que Te Faz Mais Forte está interessado nos conflitos que a mídia e a população americana não viram – e em como o próprio Bauman foi da negação de ser algo que ele não queria para então realmente se encontrar.

Ao contrário de O Dia do Atentado (2016), outra produção sobre os atentados mas que narra a perseguição aos irmãos Tsarnaev, O Que Te Faz Mais Forte capta mais a nossa atenção por narrar uma história humana. Escrito por John Pollono (This Is Us) a partir da autobiografia de Jeff Bauman, O Que Te Faz Mais Forte mostra a sua negação em não se vê como um herói. “Eu perdi as duas pernas”, é o que ele diz. Superar o trauma físico e psicológico e as cenas do atentado que vêm em flashbacks ao longo do filme, são as condições pelas quais ele não deseja ser visto como esse símbolo que tentam torná-lo.

Ao seu lado Jeff tem o apoio da família e da sua namorada, Erin Hurley (Tatiana Maslany), que a príncipio se vê praticamente obrigada a estar do lado de Jeff e dar apoio, embora o filme mostre que ela queria estar ali. Apesar de momentos piegas que dificilmente ficam de fora em narrativas como essa, o diretor David Gordon Green realiza um bom filme focado na angústia e agonia de Jeff, como na cena que ele é homenageado pelo time de hóquei da cidade após ter tido alta do hospital.

O momento mais bonito do filme, no entanto, é logo no início, quando Jeff é colocado pela câmera em cima de um morrinho, já estabelecendo o seu fanatismo pelo time de beisebol, o Boston Red Sox, e a importância que a equipe teria em sua vida mais à frente quando ele é escolhido para fazer o lançamento inaugural da temporada 2013-2014, justamente a última vez quando os Red Sox ganharam o título. Parte de uma família comum como qualquer outra, com suas discussões, problemas e alegrias, a história de Jeff é bem retratada no filme, que ganha pontos por deixar os traços humanos da narrativa se sobrepor a qualquer sentimento patriótico que, por vezes em filmes assim, soa falso e exagerado.

Assista o trailer:

O Que Te Faz Mais Forte (Stronger, 2018)
Direção: David Gordon Green
Roteiro: John Pollono
Elenco: Jake Gylenhaal, Tatiana Maslany, Clancy Brown, Miranda Richardson e Frankie Shaw.
Duração: 119 minutos

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *