O Festival de Sundance começou na última quinta-feira (19), um dia antes da cerimônia de posse de Donald Trump, e pela primeira vez em 33 edições há um tema que de certa forma está permeando uma boa parte dos filmes: o aquecimento global. O filme de abertura, a sequência do prestigiado e premiado documentário Uma Verdade Inconveniente (que chega aos cinemas no dia 21 de Julho), do ex-Vice-Presidente Al Gore, foi o responsável por instaurar a discussão em meio às declarações do novo presidente de que esta não será uma política que ele levará em conta.

No dia da tradicional coletiva de imprensa que abre oficialmente o festival de Sundance, o idealizador Robert Redford não quis discutir muito o assunto e disse que “nós ficaremos livres da política. A partir do momento que definirmos temas dos quais nossos diretores independentes devem focar, o festival perderá completamente o propósito que é de apostar em novas histórias, novos artistas e deixá-los contar aquilo que eles sentem confiança em contar”.

Para Redford, a discussão que promete aquecer o tempo frio em Park City, no estado americano de Utah, é apenas uma coincidência. Mas se ele prefere não levar isso muito a sério, os diretores responsáveis pela programação e escolha dos filmes, John Cooper e Trevor Groth, disseram que o festival nesse ano tem o objetivo sim de transformar o mundo tendo como destaque justamente o meio ambiente e o aquecimento global.

Sequência de Uma Verdade Inconveniente abre a discussão sobre aquecimento global em Sundance. | Foto: Divulgação/Sundance Institute

“Decidimos usar a importância e a influência que Sundance tem, de durante o ano projetar os filmes que são exibidos aqui para audiências maiores, para escolher filmes com temas sustentáveis pela necessidade que temos de discutir a questão”, afirmaram eles.

Uma nova categoria

A nova seção criada especialmente para o festival desse ano, chamada The New Climate, inclui 14 documentários, alguns curtas-metragens e projetos especiais que envolvem inclusive experiências em realidade virtual que colocam os participantes no meio, por exemplo, de um experimento que os obriga a ver uma árvore sendo violentamente cortada.

Uma outra experiência em realidade virtual é Chasing Coral, dirigido por Jeff Orlowski, e que nos mergulha dentro d’água para acompanhar uma equipe de mergulhadores, fotógrafos e cientistas que iniciam uma emocionante aventura para descobrir por que os recifes de coral em todo o mundo estão desaparecendo. Um curta-metragem que também promete chamar atenção é o mexicano The Dive, dirigido por Esteban Arrangoiz.

Plastic China coloca em evidência problemática ambiental das cidades chinesas. | Foto: Divulgação/Sundance Institute

A história é sobre o principal mergulhador do sistema de esgoto da cidade do México, Júlio César Cu Cámara. Seu trabalho é reparar bombas e desalojar o lixo que flui para as calhas para manter a circulação de águas residuais. Outro filme que segue um caminho parecido, de focar em personagens importantes que estão trabalhando na preservação do meio ambiente é Rancher, Farmer, Fisherman, narrativa que acompanha preservadores americanos que tentam manter as terras no estado de Montana intactas sem que sejam modificadas pelo homem.

Por outro lado, um documentário chinês chamado Plastic China, dirigido por Jiu-Jiang Wang, promete também causar algum impacto em Sundance nesse ano. Isso porque os problemas com o meio ambiente naquele país são conhecidos mundialmente devido à concentração de grandes indústrias ao redor das cidades e que jogam quantidades enormes de resíduos para a atmosfera. O filme acompanha uma garota de 11 anos que trabalha com os pais em uma instalação de reciclagem enquanto esta sonha em frequentar a escola. “A partir das mãos daqueles que lidam com seus resíduos, surge uma reflexão sobre a cultura de consumo global”, diz Jiu-Jiang Wang.

Na conferência COP-22, que aconteceu em Paris no ano passado quando os países avançaram em acordos bilaterais, houve muito debate e pressão para a China reduzir essa emissão. O festival de Cinema de Sundance acontece até o dia 29 de janeiro. Acompanhe a cobertura por meio dessa página.

[Crédito da Imagem de Capa: Divulgação/Sundance Institute]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *