Cinema,  Vida

Site confere quanto dos filmes baseados em fatos reais é verdade e quanto é ficção

Quando você começa a assistir um filme e a primeira informação que aparece na tela é “Os eventos a seguir foram baseados em fatos reais”, a primeira coisa que nos questionamos é o quanto de realidade e ficção tem ali naquela história, né? O quanto o diretor e o roteirista mudaram um pouco a trama para soar mais cinematográfica ou qual a dose de verdade que foi preservada para tornar essa informação importante e relevante para a história.

Em tempos de Internet, esses questionamentos já podem começar a ser respondidos através do site Information is Beautiful, que mostra os resultados em uma bonita visualização gráfica do percentual de fatos verdadeiros que os filmes baseados em acontecimentos reais levaram para as telas.

Os pesquisadores do site investigaram filmes recentes e que estiveram nas últimas cerimônias do Oscar. É o caso de Spotlight – Segredos Revelados, A Grande Aposta, O Jogo da Imitação, A Rede Social, entre outros. Cada um deles foi classificado em cinco categorias: falso, verdadeiro, “false-ish” para inverdades mas que têm licença poética para o filme, “true-ish” para quando a verdade foi esticada demais e “desconhecido” para quando os fatos não puderam ser verificados.

Seguindo esses parâmetros, o filme analisado que teve mais dose de ficção foi O Jogo da Imitação (35,7%). Uma questão levantada como “desconhecida”, por exemplo, é que os pesquisadores não sabem se Turing (Benedict Cumberbatch) continuou sendo monitorando pelo serviço secreto britânico após o fim da guerra. Quando filtramos as informações pelos três níveis de veracidade, o índice de O Jogo da Imitação cai ainda ainda mais, para 16,6%.

A interação do site com o usuário é interessante porque, ao clicar em um filme específico, a barra de visualização mostra detalhes de cada cena, mostrando o que é verdade e mentira nela – além também de apresentar qual a fonte usada pelos pesquisadores para verificar os fatos.

spotlight

Dos filmes analisados, o que teve maior percentual de verdade foi o longa-metragem A Grande Aposta (88,4%), seguido por Rush (79,8%), Spotlight – Segredos Revelados (78,9%) e Ponte de Espiões (75,5%).

Em uma planilha criada pelo Information is Beautiful (clique aqui) há um detalhamento ainda mais profundo sobre cada momento que os pesquisadores consideraram como verdadeiros, falso ou mais ou menos. Também é possível se cadastrar para receber novidades à medida que novos filmes forem sendo adicionados, algo pelo blog do site e que deve acontecer em breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *