Séries

‘The Americans’ (Drama), ‘Veep’ (Comédia); confira as apostas do Emmy Awards

Hoje é dia de Emmy Awards. Durante a semana preparamos uma série de vídeos especiais comentando a premiação, apontando os principais destaques nas categorias mais importantes da noite (veja aqui). Agora, para finalizar, vamos deixar aqui as nossas apostas para quem vai levar um Emmy para casa hoje.

Como acontece em qualquer premiação, algumas séries são mais favoritas que outras (Game of Thrones e The People v. O.J Simpson, líderes em indicações). Mas não podemos descartar as produções que correm por fora e já mostraram que podem também surpreender. Casos de Mr. Robot e The Americans, por exemplo.

Veja abaixo nossas apostas:

  • Melhor Série Drama – The Americans

É a nossa série favorita há algum tempo. Após quatro temporadas, The Americans foi finalmente reconhecida e alcançou a sua primeira indicação. Claro, Game of Thrones é o favorito para vencer. Porém, a produção da HBO já ganhou tantas outras vezes que The Americans merece essa vitória por tudo que já construiu até o momento.

  • Melhor Série Comédia – Veep

Está difícil esse ano tirar o prêmio de Veep. Transparent é um concorrente forte e também tem chances de vencer – o que não seria surpresa alguma. São as duas principais comédias da lista, com Unbreakable Kimmy Schmidt e Black-ish correndo por fora e podendo até surpreender – o que não acreditamos que aconteça.

Foto: Divulgação/Netflix
Foto: Divulgação/Netflix
  • Melhor Atriz Série Drama – Robin Wright, por House of Cards

Se o prêmio pudesse ser dividido, a gente entregaria um Emmy para Viola Davis (How To Get Away With Murder), outro para Keri Russell (The Americans) e mais um para Robin Wright (House of Cards). Mas como isso é impossível, resolvemos apostar em Robin Wright porque ela foi indicada tantas vezes que já vem merecendo vencer o prêmio. Sem falar que a quarta temporada de House of Cards foi totalmente sobre a sua personagem Claire, e também da própria Robin Wright, que dirigiu um dos melhores episódios da série até o momento (o capítulo 5).

  • Melhor Ator em Drama – Rami Malek, por Mr. Robot

Rami Malek vem provando em Mr. Robot que é um ótimo ator e que está em franca ascensão, se desafiando e mostrando que seu talento. Com as recentes vitórias no Globo de Ouro e nas premiações dos sindicatos no início do ano, Rami Malek é o candidato favorito a vencer nessa categoria.

  • Melhor Ator Coadjuvante em Drama – Kit Harrington, por Game of Thrones

Depois de toda aquela dúvida se Jon Snow estava vivo ou não, Kit Harrington foi de longe o principal destaque da série nessa temporada de Game of Thrones, um holofote que normalmente está em cima de Peter Dinklage. Mas Kit Harrington tem muitas chances de levar o seu primeiro Emmy.

Melhor Direção em Drama – Miguel Sapochnik, por Game of Thrones (Battle of the Bastards)

Poucos episódios em Game of Thrones foram tão memoráveis quanto esse ‘Battle of the Bastards’, que se equivale ao Red Wedding como um dos capítulos mais grandiosos da série até o momento. É Emmy certo.

  • Melhor Atriz Coadjuvante em Drama – Maggie Smith, por Downton Abbey

Downton Abbey acabou e não há uma forma melhor de se despedir da série do que com mais um Emmy vencido por Maggie Smith, que aliás está ainda mais impecável na última temporada da série. A favorita a vencer é Lena Headey, mas confessamos que não somos um do trabalho da atriz.

Sam Esmail tem boas chances de ganhar o seu primeiro Emmy | Foto: Divulgação/USA Network
Sam Esmail tem boas chances de ganhar o seu primeiro Emmy | Foto: Divulgação/USA Network
  • Melhor Roteiro em Série Drama – Sam Esmail, por Mr. Robot

O episódio Piloto de Mr. Robot é bastante eficaz em estabelecer logo de imediato as paranóias de Elliot Anderson. A partir dali, Sam Esmail começa um desenvolver uma série que hora está dentro da cabeça do seu personagem principal, enquanto outra hora está na realidade que conhecemos. É excepcional. Mas não descartamos The Americans (que season finale incrível) e também ‘Battle of the Bastards’, de Game of Thrones.

  • Melhor Série Limitada – The People v. O.J Simpson

Essa é outra categoria difícil de escolher apenas um vencedor. The People v. O.J Simpson é o favorito, com Fargo correndo por fora. Na verdade, qualquer série pode vencer menos The Night Manager, por favor.

  • Melhor Telefilme – All the Way

Não há dúvida: All the Way é de longe o melhor telefilme entre todos os indicados.

  • Melhor Ator em Telefilme – Bryan Cranston, por All the Way

Bryan Cranston já venceu em 2014 o Tony Awards por sua composição do presidente ‘LBJ’. E agora ele vai vencer o Emmy mais uma vez depois de fazer história quando interpretava Walter White em Breaking Bad.

Sarah Paulson é candidata fortíssima para vencer o prêmio. | Foto: Divulgação/FX Network
Sarah Paulson é candidata fortíssima para vencer o prêmio. | Foto: Divulgação/FX Network
  • Melhor Atriz em Série Limitada – Sarah Paulson, por The People v. O.J Simpson

Eu vi em uma entrevista recente da Sarah Paulson no Stephen Colbert contando que ela ainda não viu nenhum episódio da série porque ela queria deixar as premiações passarem. Bom, acho que após vencer esse prêmio ela vai poder assistir o excelente trabalho dela pela primeira vez.

  • Melhor Ator em Série Limitada – Courtney B. Vance, por The People v. O.J Simpson

E o que dizer de Courtney B. Vance como o controverso advogado Johnnie Cochran? Merece demais o Emmy…!

  • Melhor Ator Coadjuvante em Série Limitada ou Telefilme – Sterling K. Brown, por The People v. O.J Simpson

O elenco todo de The People v. O.J Simpson foi um dos responsáveis pelo enorme sucesso da série. Por isso, a série deve ganhar na maior parte dessas categorias.

  • Melhor Direção em Série Limitada ou Telefilme – Noah Hawley, por Fargo.

Uma das coisas mais interessantes de Fargo é sua boa direção de arte e a forma inventiva com que Noah Hawley dirige os episódios, mantendo boa dose de suspense e arriscando na edição para contar diferentes fatos que acontecem ao mesmo tempo na série.

  • Melhor Atriz Coadjuvante em Série Limitada ou Telefilme – Jean Smart, por Fargo.

Ah, Jean Smart como a matriarca da família Gerhardt? Simplesmente maravilhosa. E ela impõe respeito em todo mundo, inclusive nos filhos mais brigões que acham que mandam. Merece um Emmy!

  • Melhor Roteiro em Série Limitada ou Telefilme – The People v. O.J Simpson (‘Marcia, Marcia, Marcia’)

Esse é o episódio que funciona como um ponto de virada na série, principalmente para a advogada Marcia Clark.

Ainda é o momento de Jeffrey Tambor, por seu papel em 'Transparent'. | Foto: Divulgação/Amazon Studios
Ainda é o momento de Jeffrey Tambor, por seu papel em ‘Transparent’. | Foto: Divulgação/Amazon Studios
  • Melhor Ator em Comédia – Jeffrey Tambor, por Transparent

Apesar da ascensão de Black-ish, que vem ganhando espaço, esse ainda é o momento de Jeffrey Tambor, que faz um trabalho importante e muito bonito em Transparent.

  • Melhor Atriz em Comédia – Julia Louis-Dreyfus, por Veep.

Alguém tem coragem de apostar em outra atriz que não seja ela?

  • Melhor Ator Coadjuvante em Comédia – Tony Hale, por Veep.

Só de olhar para o Tony Hale em Veep já sentimos vontade de rir.

  • Melhor Atriz Coadjuvante em Comédia – Anna Chlumsky, por Veep

Veep vai fazer uma leva de prêmios no Emmy e vamos só ficar rindo enquanto vemos.


[Crédito da Imagem: Divulgação/HBO]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *