Séries

‘The Get Down’ é a chance de assistir o que ‘Vinyl’ não teve tempo de mostrar

O serviço de streaming Netflix disponibilizou nesta sexta-feira (12) os primeiros seis episódios da 1ª temporada de The Get Down, série musical produzida por Baz Luhrmann (responsável por O Grande Gatsby, Moulin Rouge e diretor do episódio Piloto de uma hora e meia) e que conta a história do nascimento do hip-hop no final dos anos 70 em Nova York, mais precisamente no Bronx.

As primeiras comparações com Vinyl foram inevitáveis uma vez que ambas as séries, ambientadas em Nova York durante a década de 70, se propuseram a contar a história musical da cidade sob um determinado ponto de vista. No caso de Vinyl, através do rock. E conhecemos o seu final: a série foi cancelada pela HBO mesmo depois da emissora ter renovado o programa quando exibiu o primeiro episódio. Com um trio de ferro trabalhando nos bastidores (Martin Scorsese, Mick Jagger e Terence Winter), dá para facilmente dizer que a série decepcionou.

Uma das missões de The Get Down é trilhar um caminho melhor. E de acordo com a Billboard, um elemento que funciona bem é a “camarandagem” do elenco jovem formado por Shameik Moore (21 anos), Jaden Smith (filho de Will Smith e com 18 anos), Justice Smith (20 anos) e Herizen F. Guardiola (18 anos). Eles em parte formam o grupo principal que darão uma nova divisão musical e artística ao Bronx, considerado e reconhecido como a “meca do hip-hop”.

Essa camarandagem é apenas parte de um processo artístico que vem sendo trabalhado pela série como “um olhar abrangente das verdadeiras origens da forma de arte”. Isso contribui em dar autenticidade à história já que The Get Down se esforça em mostrar a efervescência da Nova York setentista, de prédios em chamas, drogas (em especial cocaína), grafites e artes de rua, além da mistura de povos de diferentes lugares que habitaram o mesmo espaço e desenvolveram a veia multicultural da cidade.

Orçamento estourado e atrasos

Se The Get Down quer trilhar um caminho mais duradouro que Vinyl, dá para dizer que a série não começou bem se olharmos para os bastidores da produção. O cineasta Baz Luhrmann tem um histórico de gastão quando quer amplificar a sua visão exagerada e moderna em cada musical que produziu, principalmente no recente O Grande Gatsby quando ele gastou mais de US$ 150 milhões.

E The Get Down não ficou muito atrás. A série custou US$ 120 milhões (o maior orçamento já gasto pela Netflix em uma série até o momento e ultrapassando US$ 7.5 milhões a mais por episódio), vinte milhões a mais que a HBO usou para financiar a primeira temporada de Vinyl. Por causa disso a produção enfrentou diversos atrasos e por isso teve o lançamento dos episódios divididos em duas partes: a primeira foi liberada agora em 12 de agosto, enquanto que a segunda parte será lançada em algum momento de 2017.

Até lá, o assinante do serviço terá muito tempo para ver os primeiros seis episódios e decidir se a série merece ou não ser acompanhada. Assista o trailer abaixo:

[Crédito da Imagem: Divulgação]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *